sábado, 16 de janeiro de 2010

parição

vez ou outra me assomam sentimentos de parir.
por exemplo:
parir flores num dia triste,
parir uma lua numa manhã insone,
parir um peido quando não tenho rumo,
parir um café num bico de prosa,
parir uma montanha em meio a meditação,
parir sementes quando em desejo de sonhar,
parir filhos quando me encho de feminilidade,
parir gêmeos quando tenho dúvidas,
parir vida quando penso na minha tataravó,
parir pássaros quando lembro de casa,
parir sol quando me molho,
parir um medo corajoso do tamanho de um bicho de sete cabeças,
parir um sorriso sincero para assumir a falta de coragem,
parir um filho quando penso nos 40 anos,
parir um neto quando sonho nos 70 anos,
parir um bisneto quando penso nos 100,
parir num novo mundo quando penso no agora.

4 comentários:

  1. Suas palavras me fizeram sentir grávida de poesia!
    Que lindo!
    beijo cheios de encantamento!

    ResponderExcluir
  2. Cadu, tá na hora de vc parir um poema para florescer o mundo. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. lindo. pari esperança, agora. bjs

    ResponderExcluir
  4. Cadu:
    Parir um novo mundo. Precisams todos, nem que seja por inseminação artificial. Pessoas como você semeiam várias outras. Que seu semem carreie o genoma completo do amor, do respeito, da responsabilidade com o mundo onde todos nós estamos e sem o qual não podemos parir nossos filhos.
    Tânia

    ResponderExcluir